Credenciais legais para intérpretes: quais você precisa?

Credenciais legais para intérpretes: quais você precisa?

A demanda por intérpretes nos Estados Unidos deve aumentar 19% até 2028. Isso significa que agora é o momento perfeito para iniciar sua carreira ou aprimorar suas habilidades. E uma das melhores maneiras de se qualificar é se especializar em um ou mais campos. No entanto, os campos de interpretação médica e jurídica têm vários requisitos que talvez você precise atender.

Vamos aprofundar a interpretação legal para cobrir a educação, o treinamento e as credenciais necessárias para ter sucesso em campo.

Educação e Treinamento para Intérpretes Jurídicos

Os tribunais e outros empregadores geralmente exigem que os intérpretes jurídicos possuam um diploma de bacharel. Alguns intérpretes jurídicos são formados em idiomas estrangeiros, estudos de tradução ou estudos jurídicos, mas você pode entrar em campo mesmo se tiver estudado outro assunto.

Muitas faculdades e universidades nos Estados Unidos oferecem certificados de interpretação, que exigem um número definido de horas de treinamento para serem concluídas. (Esses programas são diferentes das certificações estaduais).

Você também pode se inscrever em programas de treinamento e workshops oferecidos por tribunais estaduais, organizações de interpretação locais e nacionais.

Se você deseja se tornar um intérprete judicial, precisará treinar para realizar os três tipos principais de interpretação judicial: tradução à vista, interpretação consecutiva e interpretação simultânea.

Credenciamento de intérpretes judiciais

Existem dois tipos de certificações de interpretação judicial: estadual e federal. Aqui está uma rápida visão geral dos requisitos de cada um.

Certificação de Intérprete em Tribunal Estadual

Embora os requisitos variem de estado para estado, você precisará passar em uma prova escrita e oral em inglês e em um idioma estrangeiro. Os tribunais estaduais oferecem esses exames. Muitos estados também reconhecem a certificação por meio do Consórcio para Acesso ao Idioma nos Tribunais, bem como da Associação Nacional de Intérpretes e Tradutores Judiciários.

No entanto, os exames de certificação não estão disponíveis para todos os idiomas. Se o seu estado não oferecer uma certificação para o seu idioma, você poderá se qualificar para se tornar um intérprete judicial registrado.

Certificação de intérpretes do Tribunal Federal

Tornar-se intérprete de tribunal federal é um processo desafiador, porém gratificante, que pode abrir as portas para novas oportunidades. Mas aqui está o problema: a certificação está disponível apenas para espanhol, crioulo haitiano e navajo. Se você fala um desses idiomas, precisará fazer um exame escrito e um exame oral separadamente.

Se você não fala um desses idiomas, pode se tornar um intérprete profissionalmente qualificado. Para fazer isso, você precisará:

Passe no teste de intérprete de conferência ou seminário do Departamento de Estado dos EUA.
Passe no teste de intérprete das Nações Unidas.
E ser um membro de boa reputação da Associação Internacional de Interpretações de Confiança (AIIC) ou da Associação Americana de Especialistas em Idiomas (TAALS).

Preparando-se para o futuro

Quando você estiver pronto para fazer o exame de certificação de interpretação estadual ou federal, há muitos recursos para ajudá-lo a se preparar. As ferramentas de auto-avaliação e estudo do Centro Nacional de Tribunais Estaduais são um excelente ponto de partida.

E se você já é um intérprete jurídico, consulte a plataforma de interpretação da Boostlingo. Você pode gerenciar sua programação no local, receber solicitações por telefone sob demanda e muito mais.

Fechar Menu
× Como posso te ajudar?